Logo Risatec

Tudo o que você precisa saber sobre um projeto de fundação e seus principais critérios!

Projeto de Fundação: tudo o Que Você Precisa Saber!

O projeto de fundação é uma parte crucial para a execução de uma obra na construção civil. Esse projeto define quais tipos de fundações serão utilizadas e detalha todos os elementos presentes nela. 

Um bom projeto de fundação evita erros que comprometam a estrutura da construção, como fissuras, trincas e até mesmo o colapso da estrutura. 

Entenda mais sobre esse projeto e conheça os principais critérios a serem seguidos em sua elaboração! 

O que é um projeto de fundação?

O projeto de fundação é um conjunto de documentos e desenhos que descrevem o planejamento e a execução de uma fundação para uma construção ou estrutura. 

A fundação, por sua vez, é a base da construção, responsável por conduzir as cargas das estruturas para o solo de forma segura e estável. 

Por isso, o projeto de fundação é um dos elementos mais importantes no processo de construção de qualquer edificação.

Vale ressaltar que o projeto de fundação deve ser elaborado por um engenheiro especializado em estruturas e fundações. 

Esse profissional deve ser capacitado para avaliar as características do solo, calcular as dimensões dos elementos estruturais, escolher os materiais adequados e elaborar os desenhos construtivos.

Além disso, o projeto de fundação deve ser revisado e aprovado pelos órgãos competentes, como a prefeitura local e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA). Somente após a sua aprovação é que a obra poderá ser iniciada.

Quais são as etapas e critérios de um projeto de fundação?

O projeto de fundação inicia-se com uma análise do solo, porque é preciso avaliar certas características —  no local em que a fundação será construída —, como sua resistência, permeabilidade e profundidade do lençol freático. 

A partir dessas informações, o engenheiro responsável pelo projeto poderá determinar qual o tipo de fundação mais adequado para a estrutura. 

É importante que o engenheiro leve em consideração as condições climáticas da região, como a ocorrência de ventos fortes, chuvas intensas, terremotos, entre outros fenômenos.

Outro aspecto importante é a definição das dimensões da fundação. Seu tamanho deve ser determinado com base na carga que a estrutura irá suportar e nas características do solo. 

A espessura e a largura da fundação devem ser calculadas de forma a garantir a segurança e a estabilidade da estrutura.

Além disso, o projeto deve prever os elementos que serão utilizados na construção da fundação, como o tipo de concreto, o tipo de armação, as dimensões dos elementos estruturais, entre outros. 

Os materiais utilizados devem apresentar alta qualidade e atender às normas técnicas e aos requisitos de segurança estabelecidos. 

O projeto de fundação também deve incluir detalhes construtivos, como os cortes, as elevações e as plantas dos elementos que compõem a fundação. Esses desenhos devem ser elaborados de forma clara e objetiva, para facilitar a execução da obra.

Em resumo, o projeto de fundação é uma etapa fundamental no processo de construção de qualquer edificação. 

Quais são os tipos de fundações?

Como você pode ver, as fundações são elementos estruturais responsáveis por transmitir as cargas das edificações para o solo de forma segura, o que garante  a resistência da edificação que será construída.

Existem vários tipos de fundações, cada uma adequada para determinadas condições de solo e carga. A seguir, descreveremos alguns dos principais tipos de fundações utilizados na construção civil.

1. Fundações superficiais

São aquelas em que a carga é transmitida diretamente para o solo superficial (camada superior do solo), sem a necessidade de escavação profunda. 

Entre as fundações superficiais, destacam-se as sapatas isoladas, as sapatas corridas e as lajes de fundação.

2. Estacas (fundação profunda)

As estacas são elementos estruturais alongados, cravados no solo de forma a conduzir as cargas da edificação para as camadas mais profundas do solo.

Entre os tipos de estacas, destacam-se as estacas hélice contínua, as estacas escavadas, as estacas pré-moldadas, entre outras.

3. Tubulões (fundação profunda)

Já os tubulões, são elementos estruturais cilíndricos, escavados no solo e preenchidos com concreto. 

Eles são indicados para solos de média a baixa resistência, e podem ser utilizados em conjunto com as estacas.

Na Risatec você encontra tudo o que precisa para o seu projeto de fundação

Com mais de cinquenta anos de atuação no ramo da construção civil, a Risatec conta com uma fábrica com mais de 5.000 m² e uma frota de caminhões própria.

Oferecemos soluções em aço e ferro para projeto de fundação e diferentes aplicações na construção civil. Atuamos com máquinas de alta tecnologia, que refletem na qualidade dos produtos e serviços finais. 

Contate-nos para uma cotação! 📞 (11) 4144-9220

Se você é vendedor e deseja falar com a nossa central de fornecedores clique no botão.